Sábado, 19 de novembro de 2016 às 19h22

ATLÉTICO PERDE FORA E NÃO CHEGA À FINAL

PARTIDA EM RANCHARIA FOI DECIDIDA EM UM LANCE DUVIDOSO

ATLÉTICO PERDE FORA E NÃO CHEGA À FINAL

ATLÉTICO PERDE FORA E NÃO CHEGA À FINAL

Mesmo realizando sua melhor partida na Taça Paulista Sub-18, promovida pela LFP (Liga de Futebol Paulista), segundo avaliação do próprio técnico Marco Aurélio Jorge, o Atlético Marília foi derrotado pela Ranchariense por 2 a 1, neste sábado (19) à tarde, no estádio Francisco Franco, em Rancharia (a 118 km de Marília).

Foi o confronto de volta da fase semifinal, sendo que no primeiro jogo, sábado (12) passado no Abreuzão, as equipes empataram por 0 a 0. Com a soma dos resultados, o Atlético Marília não conseguiu chegar à decisão da Taça Paulista.

A final será disputada entre Ranchariense e Head Soccer que, na última sexta-feira (18) à tarde em Valinhos, derrotou o Jaboticabal por 3 a 0 e também garantiu vaga na grande decisão – a primeira partida terminara empatada por 2 a 2 em Jaboticabal. A data da final entre Ranchariense e Head Soccer será definida nesta semana pela LFP.

Mesmo sem a vaga na decisão, Marco Aurélio Jorge ficou satisfeito com o rendimento do time mariliense. “Parabenizei os jogadores pela garra e determinação mostradas durante o jogo. Na minha avaliação, fizemos a nossa melhor partida no campeonato. Criamos muitas oportunidades claras de gol, mas infelizmente não era o nosso dia, pois perdemos chances incríveis. Mesmo assim, os atletas estão de parabéns pela campanha realizada e pelo jogo que fizeram em Rancharia.”

O treinador atleticano revelou que a diretoria irá se reunir nesta segunda-feira (21) para definir a sequência do trabalho. “Os jogadores terão alguns dias de folga. A nossa diretoria vai se reunir já nesta segunda-feira para decidir o que será feito a partir de agora, mas a tendência é firmarmos uma parceria com o MAC (Marília Atlético Clube) para as categorias de base. Acredito que isso poderá ser feito ainda esta semana.”

JOGO

Ranchariense e Atlético Marília fizeram uma partida bem movimentada desde o início. Logo no primeiro minuto, Thiago Garcia teve a chance de colocar a equipe mariliense em vantagem, mas bateu fraco e o goleiro Ian defendeu. Na sequência foi a vez de Yuri trabalhar, pegando chute de Nereu.

Aos 13 novamente o Atlético esteve perto de marcar, mas o cabeceio de Gabriel Perdigão passou raspando o canto direito. Dois minutos depois, Pedrinho bateu falta da direita, a bola bateu na cabeça de Diego Borges e tocou no travessão mariliense.

O Atlético passou a dominar as ações e teve outras duas grandes chances para marcar. Aos 24, Matheus Alexandre chutou da entrada da área e Ian fez grande defesa. E aos 33, após cruzamento da esquerda, zaga e goleiro da Ranchariense falharam, a bola ficou para Thiago Garcia que, livre, chutou na trave esquerda e desperdiçou.

No final do primeiro tempo, aos 44, o zagueiro Zé Roberto cometeu pênalti sobre Willian. O próprio Willian cobrou e colocou a equipe da casa em vantagem.

Na etapa final, o time mariliense voltou com Gustavo Xavier no lugar de Zé Roberto e subiu de produção. O empate veio aos dez minutos, quando Diego Borges cobrou falta com perfeição e acertou o ângulo direito de Ian.

Com o empate, o Atlético Marília partiu para o ataque para tentar o gol da virada, que daria vaga na final. E a equipe teve duas excelentes oportunidades, mas novamente falhou nas conclusões. Na primeira, Gustavo Xavier foi à linha de fundo e cruzou, porém ninguém completou. E na outra, Victor Diego escapou pela esquerda e cruzou rasteiro, a bola estava entrando, mas o zagueiro Benê salvou em cima da linha e antes da chegada de Jhonathan.

Aos 42, a partida foi decidida num lance duvidoso. Após cobrança de escanteio e cabeceio, Yuri praticou a defesa, a bateu em Diego Borges, que conseguiu tirar, mas a assistente Liliane Galindo assumiu a responsabilidade e correu para o meio de campo, sinalizando que a bola tinha ultrapassado a linha, o que não ficou caracterizado.

O Atlético Marília jogou com Yuri; Marcos Paulo, Zé Roberto (Gustavo Xavier), Gabriel Perdigão e João Dionísio (Gustavo Garla); Matheus Alexandre, Felipe Garcia e Victor Diego; Diego Borges, Jhonathan e Thiago Garcia (Paulo Vítor).

 

 

Foto: Assessoria de Imprensa/Atlético Marília

 

Diego Borges, cobrando falta com perfeição, marcou o gol do Atlético Marília na derrota de 2 a 1 em Rancharia

 

 

 

Veja mais fotos

 

stadiumbr

Compartilhe

 

2010 - 2014 StadiumBR Sports - © Todos os direitos reservados

Av. Brigadeiro Eduardo Gomes, nº 1000 - Jardim Maria Izabel - Marilia - SP - Brasil - CEP 17540-000 Tel.: (014) 3301-9552

Desenvolvido por Oeste Sistemas